3 de julho de 2017

Semana das Bolachas



Com o regresso do tempo quente, vem mais uma edição da rubrica mais aguardada com a atenção focada, esta semana, nas bolachas.

Naqueles pedacinhos de massa irresistíveis. É verdade, que hoje biscoito e bolacha não registam diferenças, as pastelarias juntaram os dois conceitos, porém na sua definição encontramo-las. Ora se a bolacha se define como bolo achatado e seco de farinha, com tamanhos e formas ilimitadas, o biscoito na sua origem é um pedaço de bolo, que volta a ir ao forno para ficar crocante, sendo feito à base de farinha, açúcar e leite (ou uma gordura à escolha). 

O termo bolacha surge pela primeira vez em língua portuguesa em 1543, outro dado curioso regista-se em 1840 onde apenas existiam dois tipos de bolachas, sendo que aumentou para  cerca de 200 variedades de bolachas a nível mundial, actualmente.


"Conta a lenda que as primeiras bolachas apareceram a seguir à descoberta  do fermento. Este, segundo a lenda, foi conhecido quando um padeiro se esqueceu de um pedaço de massa de pão de um dia para o outro e esta azedou. Lembrou-se então o padeiro de juntar essa massa azeda à anterior farinha com água, normalmente preparada para fabricar pão. Reparou então que o pão aumentou de volume e ficou com melhor aspecto. A partir dessa altura passou a ser utilizado no fabrico habitual do pão. A essa massa começaram por experimentar a adição de mel, canela e leite e foi aqui que nasceram as primeiras bolachas." (in https://www.semstress.com/origem-da-bolacha/)


A sua chegada à Europa regista-se no século XVII, onde ganhou uma enorme popularidade e com os métodos de fabricação foram introduzidas essências e chocolates o que lançou intensa  procura e por consequência o início da sua industrialização.

No Natal as bolachas de gengibre são as mais confeccionadas, sendo as mais populares e procuradas da época. Claro que o tempo frio, influencia a bebidas quentes acompanhadas de bolachas, porém  é bom para consumi-las o ano inteiro. Barradas com manteiga, compotas, queijo fresco ou ao natural não há limites para as combinações possíveis, tanto no seu sabor como no acompanhamento.

Deixo então, as sugestões desta semana, com um mimo bem amoroso de gengibre e canela.

Boa semana!!!!







Bolachas, sem gluten, de abóbora e nutella



Bolachas de aveia


Biscoitos de Alfazema


Bolachas Salgadas de Sementes



Bolachas Húngaras



Biscoitos de noz



Bolachas 3 ingredientes

Extra:

Bolachinhas de gengibre e canela - Sem glúten


10 comentários:

  1. ADORO bolachinhas!!! nham nham
    Beijinho e boa semana.

    Blogue Recanto com Tempero

    ResponderEliminar
  2. Que bom aspeto.
    Tenho de experimentar fazer umas receitas assim.


    Novo Post-https://mundodaritablog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Já iam umas bolachinhas!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  4. Adoro este tema, não fazemos muitas mas há aqui muito boas sugestões, algumas de baixo de olho!!!
    Beijinhos.

    https://opecadomoraemcasa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Tantas bolachinhas deliciosas!
    Adoro, beijinhos

    Paula G.

    ResponderEliminar